Eu Sou a Lua das Alturas

Eu Sou a Lua das Alturas
eu que aqui na terra danço
pra ti, longe-pálida, fantasma
sorri minguante aqui agora
pequena cor de prata, bela alma
caia logo sobre mim agora
do teu reino ao meu na terra
acabe logo com essa dor
seja o fim da minha dança
mas não: não paro: não agora
que chamei você à dança!
Eu te prendo com
o braço esquerdo e
te solto com o direito
venha a mim em meu reino
ó luz da Lua, holofote
pra dançar a salvação:
Eu caí do espaçotempo
a luz da Lua o meu reino
muito além do que eu receio
(eu a morte e ela a donzela)
tudo leite mel suor e lágrima
meu ânimo pra Lua dança
no campo gira a Lua em dança
eu sendo o lobo eu danço
lobo de todos eles
todos eles todos Eu
e-meia-volta-e-volta-e-meia
em ciranda para a Lua
vamos todos cirandar
aqui em meio à terra escura
mergulha o Eu no teu meio
Eu no meio do teu seio
que o Eu reluz pra Lua
a Linda Lua das
A l t u r a s !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s